Polícia Civil deflagra operação contra associação criminosa armada e roubos em diversas regiões do Paraná

Na manhã de hoje, a Polícia Civil de Ponta Grossa deflagrou uma operação para cumprir 12 mandados de prisão preventiva e 10 mandados de busca e apreensão. Os mandados foram expedidos em decorrência de uma representação do Ministério Público da Comarca de Castro, no âmbito de uma ação penal que investiga crimes de Associação Criminosa Armada e Roubos.

As investigações tiveram início em meados de 2021, após um incidente em uma fazenda na localidade de Tronco, município de Castro. O grupo criminoso, segundo apurado pela PCPR, atuava com grande violência em diversas regiões do Estado do Paraná, utilizando armas de fogo para render as vítimas.

Durante as ações, famílias inteiras e vigilantes eram feitos reféns por horas em fazendas e empresas de grande porte. O principal objetivo do grupo era roubar defensivos agrícolas, fios de cobre e produtos de construção civil. Estima-se que os réus tenham praticado dezenas de crimes, causando prejuízos milionários às vítimas.

Os mandados foram cumpridos nos municípios de Araruna/PR, Cianorte/PR, Indianópolis/PR, Piraquara/PR, Navegantes/SC e Ponta Grossa/PR, com o apoio das Unidades da Polícia Civil de cada local, além da 16ª Subdivisão Policial de Campo Mourão/PR. A operação contou com a participação de cerca de 60 policiais civis dos estados do Paraná e Santa Catarina, que realizaram o cumprimento simultâneo dos mandados em todos os locais.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.