Operário consegue classificação na Copa do Brasil e agora volta atenções para o Estadual

Nada como uma competição atrás da outra e 1 ano no meio. Foi o que aconteceu com o Operário Ferroviário, que havia sido desclassificado pelo seu xará de Campo Grande-MS no ano passado, no mesmo estádio, na mesma fase da competição.

Porém, o final feliz deste ano foi do Fantasma, que segurou a pressão do Operário-MS e está na segunda fase da Copa do Brasil

Depois de 2 anos batendo na trave, o Operário Ferroviário conseguiu passar da primeira fase da Copa do Brasil. Jogando nesta quarta-feira (28) a noite em Campo Grande, no Mato Grosso, o Fantasma segurou a pressão do sósia local e ficou no 0x0.

O empate, além de garantir a passagem para a segunda fase, fez cair nos cofres do clubes cerca de R$ 1,4 milhão de reais, um valor importante para as finanças do clube.

Na segunda fase da Copa do Brasil, o Operário jogará contra o Vila Nova de Minas Gerais, que venceu a Aparecidense por 1×0. A data do confronto ainda não foi definida pela CPF

DE OLHO NO ESTADUAL

A partir desta quinta-feira, as atenções do técnico Rafael Guanaes e dos jogadores se voltam para o Campeonato Paranaense. No domingo próximo, o Operário joga diante do Azuris, em Pato Branco, pelo primeiro mata mata da segunda fase da competição. O jogo começa as 18h30.

Nesta segunda fase, o Operário tem vantagem diante do Azuris, e se passar pelo time do sudoeste, terá pela frente o Athletico ou o Londrina nas semifinais.

  • da redação.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.