Jogos da Integração do Idoso reúnem mais de 800 atletas em Maringá

Nesta etapa acontecem atividades voltadas para o congraçamento dos participantes

A alegria toma conta das delegações que participam dos Jogos da Integração do Idoso (JIIDO), edição de 2024. Mais de 800 pessoas com 60 anos ou mais e 100 profissionais de educação física, de 43 municípios, lotam a Vila Olímpica de Maringá, no Noroeste do Estado, para curtir atividades de iniciação esportiva, oficinas de vôlei câmbio, vôlei no escuro e vôlei de praia, basquete relógio e handebol adaptado. A abertura foi na noite de terça-feira (18) e as atividades seguem até sexta (21).

Raimunda Amador, de Curitiba, foi pela primeira vez aos JIIDO e disse que está gostando muito da experiência. “Gosto de jogar, de correr na rua, de dar um bom dia para o pessoal que está praticando atividade física. O esporte é minha vida. Agradeço por essa oportunidade de poder conhecer outras cidades, outras pessoas”, disse ela.

Luiz Ataíde Augusto, de Adrianópolis, estreou no handball e disse que já conheceu bastante gente. “Meu esporte mesmo é o futebol, mas hoje vou jogar pela primeira vez o handball. Já conheci pessoas de todas as regiões e estou animado para os próximos jogos”, contou ele. Além das oficinas de recreação, os atletas podem ir até o poço dos desejos, onde contam qual é o seu maior sonho e, no final do evento, concorrem a prêmios em um sorteio.

Os JIIDOs fazem parte dos jogos oficiais promovidos pelo Governo do Estado. É realizado pela Secretaria do Esporte, em parceria com a Secretaria da Mulher, Igualdade Racial e Pessoa Idosa (Semipi) e a Prefeitura de Maringá. “A gente incentiva os participantes a praticarem cada vez mais atividade física e a ter uma vida saudável. Essa é a ideia do governador Ratinho Junior com esse projeto dos Jogos de Integração do Idoso”, disse o diretor de Inovação da SEES, Tiago Campos.

Ele enfatiza que a iniciativa busca reunir atletas da terceira idade de diversos municípios para celebrar a vida, superar desafios e promover a integração. Muriel Tonin, coordenador da competição, que a expectativa para essa primeira da edição 2024 é bastante positiva. “Estaremos recebendo os idosos com muito carinho e pretendemos proporcionar uma experiência inesquecível. Espero que a gente ajude, de alguma forma, para que eles sigam com o esporte na vida”, diz.

“O Governo do Estado tem os olhos voltados para essa população e é primoroso o trabalho que a Secretaria do Esporte e os técnicos têm realizado”, afirmou a secretária da Mulher, Igualdade Racial e Pessoa Idosa, Leandre Dal Ponte. “A Semipi, com sua expertise em políticas e ações voltadas às pessoas idosas, vem se somar a esse projeto que cuida do bem-estar, valoriza e reconhece essa população”, disse a secretária

PRÓXIMA ETAPA – A segunda etapa dos JIIDO 2024 será realizada no Litoral, de 8 a 13 de novembro, também com representantes de municípios de todo o Estado. Esta fase, que terá caráter mais competitivo e deverá reunir cerca de 2.500 pessoas idosas. O objetivo do Governo do Estado é ampliar cada vez mais a participação.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.