Iplan adere à Rede Nacional de Institutos de Planejamento

Objetivo é desenvolver um planejamento urbano integrado e sustentável

O Instituto de Planejamento de Ponta Grossa (Iplan) aderiu, na última semana, à Rede Nacional de Institutos de Planejamento (InRede), no 8º Encontro da entidade, realizado em Curitiba, na sede do Instituto de Planejamento de Curitiba, referência na área no Brasil e no mundo.

O encontro contou com o apoio do Programa das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos (ONU-Habitat) e do Projeto Cidade Presente – (DUS), fruto da Cooperação entre o Ministério Federal da Cooperação Econômica e do Desenvolvimento (BMZ) e o Ministério das Cidades, implementado pela Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) GmbH, Agência Alemã de Cooperação para o desenvolvimento sustentável.

Karla Gonzales Stamoulis, arquiteta e urbanista do Iplan de Ponta Grossa, comenta que objetivo da Rede é desenvolver um planejamento urbano integrado e sustentável, bem como buscar o fortalecimento dos Institutos de Planejamento e, por conseguinte, alinhar o planejamento urbano aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e a Agenda 2030.

“A participação do Iplan neste encontro, além de identificar os novos rumos do planejamento urbano para nossa cidade, visa oferecer caminhos em tempo hábil para que as pessoas vivam a cidade da melhor maneira possível”, disse Karla, que participou do evento.

Arquitetos, urbanistas e técnicos representando mais de 30 instituições discutiram formas de implantar o planejamento urbano integrado e a busca do desenvolvimento sustentável das cidades. Para o diretor executivo do Iplan, Rafael Mansani, a adesão na InRede é uma oportunidade de, por meio da troca de conhecimento, melhorar diversos setores do planejamento urbano, nas áreas de mobilidade, habitação, entre outros segmentos.

“É importante nos aproximar e trocar experiências com o InREDE devido ao fato de que outros institutos têm um conhecimento aprofundado dos desafios urbanos. Esse intercâmbio de informações é fundamental para melhorar e fortalecer as nossas políticas de planejamento”, afirmou Rafael Mansani, diretor do IPLAN de Ponta Grossa.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.