Inverno Solidário tem campanha para arrecadação de cobertores

Doações devem ser entregues nos quarteis do Corpo de Bombeiros de todo o Paraná

O Governo do Paraná, por meio da Rede Estadual de Ajuda Humanitária, lançou uma nova campanha para ajudar a população e os municípios a enfrentar o inverno com o objetivo de arrecadar exclusivamente cobertores novos ou em bom estado.

Para participar da ação, basta levar os cobertores até os postos de arrecadação nos quartéis do Corpos de Bombeiros de todo o Paraná até 31 de julho. A Defesa Civil estadual será responsável pela distribuição dos itens arrecadados.

Segundo a primeira-dama do Paraná, Luciana Saito Massa, a Ação de Enfrentamento ao Frio vai ajudar aqueles que estão em situação de vulnerabilidade a enfrentar o inverno rigoroso do Paraná. “Sabemos da força, dedicação e solidariedade que o povo paranaense carrega. As doações, além de aquecer, levam dignidade. Esse donativo fará a diferença na vida de quem receber”, disse.

O coordenador estadual da Defesa Civil, coronel Fernando Raimundo Schunig, citou a mobilização dos paranaenses para apoiar os gaúchos como exemplo de engajamento. “O povo paranaense se uniu e ajudou, com todo o coração, o Rio Grande do Sul. Agora chegou o momento de darmos auxílio aos nossos irmãos paranaenses que passam por situações difíceis em decorrência do frio”, afirmou.

“A gestão estadual tem o importante compromisso de cuidar das pessoas. Para este momento de inverno temos diversas ações para proteger as pessoas que mais precisam, como o programa Incentivo Vidas Aquecidas, por exemplo, com ajuda financeira aos municípios. E as doações dos cobertores se somam a esse esforço”, disse o secretário de Desenvolvimento Social e Família, Rogério Carboni.

BOM ESTADO – Os cobertores doados, se não novos, devem estar em bom estado e prontos para serem usados por quem precisa. “É momento de se colocar no lugar do próximo e ter empatia para que a gente doe cobertores em bom estado, cobertores novos, para que a gente possa alavancar ainda mais a Rede Estadual de Ajuda Humanitária”, complementou o secretário de Justiça e Cidadania, Santin Roveda.

O Paraná vive a primeira grande onda de frio do ano. No domingo (30), 91% dos municípios do Estado com algum tipo de medição feita pelo órgão apresentaram a temperatura mais baixa do ano. O frio mais intenso foi registrado em General Carneiro, na região Sul, com -3,5ºC.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.