Reunião em Imbituva orienta sobre ampliação do sistema de esgoto

Investimento de R$ 6,7 milhões amplia a rede de esgoto para 92% da área urbana

A Sanepar reuniu, na Câmara Municipal de Imbituva, representantes da Prefeitura, secretarias municipais, instituições sociais e educacionais, para dialogar sobre as obras de ampliação da rede coletora de esgoto em andamento no município. Também participaram vereadores e líderes comunitários da Vila Nova e Vila Brasil, beneficiados pela iniciativa. Com investimento de R$ 6,7 milhões, as obras permitirão elevar o índice de atendimento pelo sistema de esgoto para 84% no município como um todo e para 92% na sede urbana de Imbituva.

Com término previsto para ainda este ano, a ampliação atenderá 658 imóveis da Vila Nova e da Vila Brasil e inclui mais de 12 quilômetros de redes coletoras e duas estações elevatórias, além das ligações prediais. Em paralelo ao andamento da obra, a Sanepar vem realizando o trabalho social com a comunidade atendida, com o objetivo de incentivar o uso adequado da rede coletora de esgoto.

“Todo o envolvimento da comunidade é fundamental para que o investimento seja efetivo, para que realmente cumpra seu objetivo, que é levar o saneamento, o acesso ao tratamento de esgoto, assegurando qualidade de vida e qualidade ambiental para a cidade de Imbituva”, comentou a gestora de Educação Socioambiental da Sanepar Luciana Garcia, coordenadora do Grupo Gestor das obras em Imbituva.

As informações sobre como fazer a ligação correta à rede coletora de esgoto já estão sendo repassadas aos moradores da Vila Nova e da Vila Brasil, por meio de visitas de sensibilização em cada imóvel que será beneficiado. As famílias também foram convidadas a participarem de reuniões comunitárias, realizadas no início do mês, nos dois bairros atendidos.

Com o apoio do Grupo Gestor, foram definidas várias ações para a comunidade de Imbituva que serão desenvolvidas nos próximos meses. Entre elas, uma Capacitação de Facilitadores em Saneamento, direcionada a professores da rede pública de ensino; um curso sobre Padrões Técnicos de Ligações Prediais Hidrossanitárias e outro específico para mulheres, de manutenção hidráulica básica. Será construído, ainda, um Jardim de Água e Mel e ofertadas oficinas sobre sabão ecológico, composteira doméstica, cultivo de plantas alimentícias não convencionais e medicinais, cultivo de plantas ornamentais e horta educativa, entre outras atividades.

O professor Carlos Eduardo Bittencourt Gomes, diretor do Colégio Estadual Santo Antônio, destacou a Sanepar por sua atuação no tratamento e na distribuição de água, bem como no tratamento do esgoto, destacando os projetos e as parcerias desenvolvidas no trabalho educativo.

“Pelos projetos e parcerias desenvolvidos com escolas, com entidades, a Sanepar trabalha para que a sociedade vivencie momentos e experiências de educação para a ecologia, para a conscientização da importância da água e do uso da água de forma consciente, assim como, também, questões referentes ao esgoto e aos rios”, enfatizou.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.