Caso Ísis: suspeito de desaparecimento se entrega à polícia em Francisco Beltrão

A Polícia Civil de Francisco Beltrão confirmou na noite de segunda-feira (17) que Marcos Vagner de Souza, suspeito de envolvimento no desaparecimento da jovem Ísis Victoria Mizerski, se entregou às autoridades. A informação foi divulgada pelo delegado-chefe da 19ª Subdivisão Policial (19ª S.D.P.), Ricardo Moraes Faria dos Santos. A jovem, de 17 anos, está desaparecida desde 6 de junho, em Tibagi.

Segundo o delegado, Marcos se apresentou à polícia por volta das 20h. Ele era considerado foragido e suspeito de estar envolvido no desaparecimento de Ísis. Marcos foi encaminhado ao Departamento Penitenciário Nacional (Depen) e está à disposição das autoridades competentes. De acordo com sua esposa, ele saiu para trabalhar em 16 de junho e não retornou mais para casa.

Marcos, de 35 anos, é vigilante e pai de três filhos. Relatos iniciais indicam que ele mantinha um relacionamento secreto com Ísis e que a jovem estaria grávida. A última vez que Ísis entrou em contato com a família foi em 6 de junho, quando enviou uma mensagem com sua localização próxima à PR-340 para sua mãe. A mensagem foi posteriormente excluída e o celular da jovem está desligado desde então.

A Polícia Civil está investigando o caso, enquanto outros órgãos competentes continuam as buscas por Ísis.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.