Prefeitura e NDI assinam contrato de empreitada para pavimentação em concreto

Cerca de R$ 7 milhões serão investidos em 2,5 km de ruas do Distrito Industrial.

Nesta terça-feira (2), a prefeita Elizabeth Schmidt assinou o contrato de empreitada para o início da primeira obra de pavimentação em concreto de Ponta Grossa. Com investimentos de R$ 7 milhões, o projeto prevê a execução de cerca de 2,5 km de pavimentação em vias do Distrito Industrial, e conta com a parceria do Núcleo das Indústrias de Ponta Grossa (NDI) na elaboração do projeto da obra.

O projeto, desenvolvido por meio de parceria, prevê a execução dos serviços de pavimentação, terraplenagem, implantação do sistema de drenagem, meios-fios e sinalização.

De acordo com Rafael Issa Rickli, presidente do NDI, esta conquista representa um marco significativo para o desenvolvimento do Distrito Industrial de Ponta Grossa. “A assinatura do contrato de empreitada da pavimentação rígida entre a Prefeitura e a Arena Participações destaca o compromisso com o progresso e a infraestrutura local. Estamos testemunhando o fortalecimento da nossa comunidade industrial. Queremos expressar nosso profundo agradecimento à prefeita Elizabeth Schimidt pela sua determinação e compromisso em melhorar as condições das indústrias já instaladas e ainda por instalar no município”, disse Rickli.

A prefeita Elizabeth Schmidt lembra que a realização desta obra é compromisso assumido pela gestão e um importante investimento com reflexos positivos em toda a cidade. Segundo ela, o Distrito Industrial sofria há anos com uma estrutura precária em suas ruas, que prejudicava as indústrias ali instaladas.

“Para o escoamento da produção industrial, as ruas contempladas sempre contaram com tráfego intenso de muitos caminhões pesados, em meio à lama e à poeira. Mas isso tudo está prestes a mudar, com investimento de mais de R$ 7 milhões para pavimentar com concreto de alta qualidade o nosso Distrito Industrial”, disse Elizabeth.

Rickli destaca que a indústria é responsável pela maior parte da arrecadação de impostos do Município, evidenciando ainda mais a importância do setor para o crescimento econômico e desenvolvimento sustentável de Ponta Grossa.

“Esta iniciativa não só melhorará a acessibilidade e a segurança nas instalações industriais, mas também abrirá novas oportunidades de crescimento econômico para a região”, disse.

Segundo o secretário municipal de Infraestrutura e Planejamento, Luiz Henrique Honesko, a principal vantagem da obra é a durabilidade por se tratar de pavimentação feita em concreto. “A estrutura em concreto será capaz de suportar o tráfego intenso de veículos pesados. Esse tipo de pavimentação se mostra ideal para locais como o Distrito Industrial, onde há uma grande exigência do pavimento. Além da maior durabilidade, o material a ser usado garante investimento menor em manutenção da via, tornando sua aplicação atrativa para o Município”, finaliza Honesko.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.