Prefeitura cria “Unidades Sentinelas” para atendimento à dengue em PG

A partir de segunda-feira (18), pacientes com suspeita de dengue serão encaminhados para atendimento nas Unidades de Saúde nos bairros de Uvaranas, Nova Rússia e Oficinas.

A Prefeitura de Ponta Grossa informa que a partir de segunda-feira (18) as Unidades Básicas de Saúde Rômulo Pazzinato (Nova Rússia), Conrado Mansani (Uvaranas) e Cyro de Lima (Oficinas) passam a funcionar como “Unidades Sentinelas” para atendimento à dengue. O fluxo de outros atendimentos nas três unidades permanece normal, com equipes extras voltadas para a dengue.

A medida visa intensificar os esforços no enfrentamento da doença, disponibilizando todos os cuidados necessários para o diagnóstico e tratamento, como consultas, liberação para exames, hidratação via oral, entre outros. O atendimento nestas três unidades será das 8h às 17h.

De acordo com a prefeita Elizabeth Schmidt, a melhor maneira de combater a dengue é com orientação e informação, mas também garantindo suporte para os pacientes. “Vamos usar todos os recursos para ampliar o atendimento às pessoas com dengue ou suspeita da doença. Todos, unidos, vamos vencer a dengue! Nossas equipes estão atuando no combate ao mosquito e também no acolhimento às pessoas afetadas”, afirmou a prefeita.

A presidente da Fundação Municipal de Saúde, Priscila Degraf, explicou que  os casos suspeitos de dengue vão continuar sendo atendidos em todas as unidades de saúde do município. “Para as situações em que haja necessidade, os pacientes serão encaminhados para as três unidades referência para um atendimento mais específico. Os exames coletados até às 17 horas serão devolvidos no mesmo dia”, disse.

Também a partir de segunda-feira (18) haverá disponibilização de Call Center, em uma parceria com a Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), para que a população possa tirar dúvidas sobre sintomas, podendo obter encaminhamento para atendimento. O Call é central telefônica para informações à população sobre sintomas de dengue. O telefone será o (42) 2102-8000.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.