Operário joga bem, mas para nas mãos do goleiro Léo Link do Athletico

O goleiro do Athletico, Léo Link, foi uma barreira que parou o ataque do Operário. Foto: André Johnson (OFEC).

Jogando nesta quarta feira, na Arena da Baixada em Curitiba, o Operário foi derrotado pelo Athletico-PR por 1×0 e está eliminado da disputa do título Paranaense nesta temporada.

Em um primeiro tempo quase perfeito, o Operário colocou o Athletico na defesa, teve seis chances claras para marcar, mas parou no destaque do jogo, o goleiro Leo Linck que fez defesas que impediram o Operário de marcar gols.

No único erro da zaga, o lateral Pacheco escorregou, o Athletico recuperou a bola que parou nós pés do meia Zapelli, que dá entrada da área acertou o canto esquerdo do goleiro Rafael Santos, isto aos 42 minutos do primeiro tempo, marcando o único gol do jogo.

O técnico Rafael Guanaes tentou deixar o time mais ofensivo e reverter o resultado, com algumas modificações, mas o Operário não conseguiu seu objetivo de virar o jogo.

Um total de 35288 pessoas estiveram na Arena com uma arrecadação de R$ 1.288.000,00. Paulo Roberto Alves Junior foi o árbitro que conduziu bem o jogo.

A partir de agora o Operário pensa na Copa do Brasil e no Campeonato Brasileiro da Série B, com o retorno aos treinos na próxima quarta feira. Os jogadores foram liberados por uma semana.

Novidades devem surgir nesse espaço no que se refere a contratações e algumas saídas de jogadores que devem ser emprestados.

  • Diomar Guimarães, colunista do Operário.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.