Moradora de Olarias relata morte de cachorro por linha de cerol e alerta população

Uma moradora de Olarias, em Ponta Grossa, relatou nas redes sociais a morte de seu cachorro de 16 anos, encontrado com a garganta cortada no quintal de casa.

Dias antes, ela havia encontrado uma linha de cerol presa em uma grade da janela, o que sugere o uso desse material cortante.

O caso gerou repercussão e a moradora alertou a população sobre os perigos do cerol, lembrando que seu uso é proibido desde junho de 2020 pela lei 20.264/2020 no Paraná.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.